Vídeo: De calcinha, ladrão furta escola em Brasília e causa o vazamento de 80 mil litros de água

Homem de 40 anos, usando somente calcinha, foi flagrado pelas câmeras de segurança da escola
Divulgação/BM

As cenas de grandes assaltos em filmes e séries sempre surpreendem o espectador pela criatividade dos bandidos. Na série La Casa de Papel, os criminosos vestiam macacões vermelhos e máscaras de Salvador Dalí para realizar o assalto à Casa da Moeda da Espanha. No filme Batman: O Cavaleiro das Trevas, Coringa e sua trupe utilizavam máscaras de palhaço para roubar um banco. Só que na vida real, nem tudo funciona como o esperado, ao menos para o ladrão. Em Brasília, imagens de uma câmera de segurança flagraram um homem fugindo do local do assalto usando apenas uma calcinha.   

Tu viu?

Gruta Nossa Senhora de Lourdes é reaberta em Porto Alegre

Conheça Marlei Willers, a atleta de Morro Reuter que é uma das protagonistas do atletismo no Brasil

Conforme informações do portal Correio Braziliense, um indivíduo de 40 anos cometeu um furto de forma inusitada em uma escola localizada no Centro de Atividades, do Lago Norte. No sábado (10), o assaltante foi visto, nas câmeras de segurança, saindo de um banheiro e entrando em outro com uma sacola na mão. Praticamente nú, ele vestia apenas a roupa íntima.  

Confira o vídeo:

O homem ainda escalou o muro da escola e levou consigo torneiras e sifões dos banheiros da instituição de ensino de Brasília. As imagens foram fornecidas para a Polícia Civil do Distrito Federal, que identificou o assaltante. Segundo o site, o furto causou grande prejuízo ao colégio, pois todos os 80 mil litros de água que havia no reservatório foram esvaziados devido a retiradas das torneiras.

Assaltande de calcinha cometeu outros crimes

O assaltante que usava calcinha atacou outro local na região. Três dias após o ocorrido, a Polícia Civil prendeu o suspeito em flagrante por ter cometido um crime de furto em outro colégio da região. O homem escalou o muro da escola e furtou uma escada de alumínio, avaliada em R$ 1 mil.

As autoridades do Distrito Federal não informaram o motivo para o homem estar apenas de roupa íntima no momento do crime.  Segundo a Polícia Civil, o homem escalou o muro da instituição durante a madrugada e retirou as roupas dentro da instituição, ficando apenas com uma calcinha preta

O homem já era investigado por ter cometido outros delitos de furto em estabelecimentos comerciais e residências da região. O acusado pode ficar preso de um a quatro anos pelo crime de furto qualificado, conforme o Código Penal Brasileiro.