Brazil x Chile: NOTAS

festa05mineiraovitoriamatsuterra

 

Júlio César: chorou, mas salvou. Nota 9

 

Daniel Alves: o cabelo de Ana Maria Braga não fez evoluir seu futebol. Nota 2

 

Thiago Silva: um guri mijado, jogando de fraldas. Como capitão é pior que o do Costa Concordia. Nota 0

 

David Luiz: quem me acompanha sabe o quanto eu criticava esse rapaz. Mordi a língua. Mostrou que tem COLHÕES, é um gigante na Copa. Nota 8

 

Marcelo: se era pra ficar de firulinha na lateral uma foca seria mais bonitinha. Nota 1

 

Luiz Gustavo: muito bem outra vez, um senhor volante. Nota 7

 

Fernandinho: não cagou nem saiu da moita. Nota 5

 

Oscar: mais sumido que tico no frio, outro guri mijado. Nota 2

 

Neymar: seu pior jogo na Copa, mas conseguiu, diferente de outros borrados, segurar o rojão nos pênaltis. Nota 6

 

Hulk: Entregou um gol e perdeu um pênalti. E esse foi o seu melhor jogo pela seleção. Sua função é as gurias gostarem de sua bunda. Não joga um ovo. Nota 0

 

Fred: tem a mesma utilidade que uma capa de chuva no deserto do Saara. Era melhor ter convocado o André Lima. Nota 1

 

Jô: entrou e conseguiu a proeza de ser pior que o Fred. Nota 0

 

Ramires: nunca me enganou. Nota 1

 

William: sua melhor atuação na copa foi uma propaganda de guaraná. E não era Fruki. Nota 0

 

Felipão: fez tudo errado, mas nasceu com duas bundas viradas pra lua. Nota 6 pela sorte.

28 JUN 2014

Brazil x Camarões: NOTAS

16628839

 

Júlio César: uma ameba vestida de cinza, a que foi no gol entrou. Nota 1

 

Daniel Alves: um Pará sem moicano. Nota 0

 

David Luiz: jogou como zagueiro tem que jogar, mais grosso que dedão do pé quebrado. Nota 7

 

Thiago Silva: muita conversa fiada pra pouca coisa em campo. Nota 4

 

Marcelo: pelo menos não fez gol contra. Nota 5

 

Luiz Gustavo: um cão de guarda à frente da zaga, volante-volante. Nota 8

 

Paulinho: jogava muito antes de virar um zumbi. Nota 1

 

Hulk: se era pra ficar só mostrando a bunda era melhor escalar um babuíno. Nota 2

 

Oscar: faltou a 4ª marcha, mas melhorou no segundo tempo. Nota 5

 

Neymar: a calopsita cresceu, jogou demais. Nota 8

 

Fred: recebeu uma injeção de adrenalina no coração e renasceu no 2º tempo. Gostei do bigode. Nota 6

 

William: precisa cortar o cabelo. Nota 4

 

Ramires: para nóoooossa alegriiiia. Nota 5

 

Fernandinho: mostrou ao mundo o que um volante é capaz. Virou titular. Nota 7.

 

Camarões: camarão que dorme a onda leva. O pior time da copa. Nota 0.

23 JUN 2014

Muito mais que França x Honduras

unnamed

 

Sim, tem, teve e ainda terá MUITA Copa. E eu estava lá. Ontem fui ao meu primeiro jogo. Domingo de tempo bom, estádio Beira-Rio, França x Honduras. Mas foi muito mais que um jogo entre uma seleção europeia campeã do mundo e outra desconhecida da América Caribenha.

 

O jogo de ontem mostrou o que de melhor há no povo que ama futebol: a integração. Para qualquer lado que se olhava havia colorados, gremistas, palmeirenses, flamenguistas, todos misturados, corneteando uns aos outros, abraçados, rindo, cantando… uma cena que deveria perdurar, deveria ficar de legado. É possível ser rival sem ser inimigo. Quem estava lá sentiu, o clima era maravilhoso!

 

Há anos sonhamos com estádios sem muros, sem barreiras, sem brigas. Ontem tivemos isso. Coisas que, por enquanto, só a Copa foi capaz de nos dar. Tomara que tenha sido plantada ontem a sementinha de que sim, isso é possível.

 

Mas, como quem acompanhou pela tv viu, não havia só brasileiros. Quase metade do estádio estava tomada por estrangeiros. Alguns mexicanos, uns americanos e muitos, mas muitos hondurenhos e franceses. Alegres, cantando, pulando, era uma festa sem tamanho. Os franceses, mais exaltados. Ao meu lado, dois deles, ensandecidos, puxavam a ola e cantavam Allez Les Bleus a todo instante. Até Asterix e Obelix estavam lá!

 

A Copa é capaz de reunir num mesmo local torcedores de todo o mundo. É capaz de unir lado a lado, em paz e em clima de confraternização de churrasco, torcedores rivais. É capaz de fazer com que um torcedor auxilie um voluntário a ajudar um francês que, como bom francês, não fala o inglês.

 

Que coisa sensacional é participar de um jogo de copa do mundo. Que coisa linda é ver, sentados juntos, gremistas e colorados, abraçados, apenas assistindo a um jogo de futebol, aproveitando a vida. Que sirva de exemplo. Que, após a copa, esse clima maravilhoso que vivemos ontem no Beira-Rio se espalhe por todos os estádios e campeonatos daqui. Os bons são maioria. É possível, sim!

16 JUN 2014

BRAZIL 3X1 CROÁCIA: NOTAS

Fred-agua-Foto-Paulo-Sergio_LANIMA20121020_0087_47

 

Foi suado, foi roubado, mas foi. A seleção do GAÚCHO Felipão tomou um susto e depois virou, com uma bela ajudinha do Juizão do Japão que ninguém sabe escrever o nome. Vamos às notas:

 

Júlio César: tentou entregar a todo instante, mas nem isso conseguiu. Nota 2

 

Daniel Alves: provou que é um Pará com empresário bom. Nota 1

 

Thiago Silva: a braçadeira de capitão pesou mais que aquela nossa tia gorda que faz cupcake. Nota 2

 

David Luiz: foi o melhor da zaga, e após a vitória tirou o Fuleco do meio de sua cabeleira. Nota 7

 

Marcelo: o melhor atacante croata, na chance que teve estufou as redes. Nota 0

 

Luiz Gustavo: o bigode faz de um volante um volantão. Nota 8

 

Paulinho: atacou demais pra um volante. Nota 4

 

Oscar: mostrou que aprendeu comigo quando o deixava na reserva e conseguiu crescer como ser humano, fui fundamental na formação do atleta. Nota 8

 

Hulk: só recebeu elogios da mulherada, e mulher não entende nada de futebol. Nota 1

 

Neymar: já é o dono da queda mais bonita de todas as Copas e fez dois gols. Nota 8

 

Fred: até o Di Capprio lhe daria um Oscar pelo pênalti cavado. Nota 7 (como ator)

 

Hernanes: conseguiu ganhar um amarelo. Nota 5

 

Bernard: mais perdido que cego em briga de foice. Nota 3

 

Juizão Japinha: o craque brasileiro da Copa até aqui, saiu aplaudido de pé pela torcida. Nota 9

 

12 JUN 2014

Quem vai ganhar a Copa

 

article-0-1A4FCF0C00000578-621_634x632

Falta muito pouco para começar o maior evento do planeta – fora a tomar chimarrão comendo bergamota numa tarde ensolarada de inverno na Redenção, é claro.

 

Vai ter Copa e vai ter Copa pra car@l&%!

 

E, por óbvio, quem gosta mesmo de futebol já tem os seus favoritos. Vou dizer a vocês, cautelosos leitores, os meus.

É impossível para qualquer um com alguma noção de futebol cravar o campeão, não existe uma seleção tão melhor que as outras para apontarmos um único favorito. E isso não é ficar em cima do muro (risos)…

 

Mas, e sempre tem um mas, vou dar a cara a tapa. Se for pra escolher apenas um, vou de Argentina. É a minha principal favorita. Mas, e aqui vai novamente um mas, divido as seleções em três grupos: os bem favoritos, os que podem vencer dependendo de alguns fatores, e aqueles que podem ser surpresas.

 

Os bem favoritos: Argentina, Alemanha e Brazil. É muito provável que pelo menos um desses três chegue na final, talvez até dois. São, sem dúvida, os três melhores times antes da Copa começar.

 

Os que podem ser campeão dependendo de alguns fatores: Espanha, Itália e França. A Espanha não está com o mesmo gás de 2010, mas é a atual campeã da Copa e bicampeã da Euro. A Itália chega desacreditada, o que multiplica suas chances por 10. A França tem a seleção europeia mais entrosada, e com o Ribery  cortado ninguém precisará acordar olhando para o ser humano mais feio da face da Terra, o que sempre ajuda.

 

Aqueles que podem ser surpresas: Uruguai, Chile e Inglaterra. O Uruguai é fraco, mas tem Suarez e Cavani e a defesa é uma muralha. O Chile é uma seleção faceira, aventureira, franco-atiradora e pode incomodar muito. A Inglaterra vem com humildade para uma Copa depois de muito tempo e o time é bom.

 

É isso, tenho um  favorito, três grandes apostas, três que vejo com  boas chances e três que com muita sorte podem chegar lá. O resto nem com macumba.

 

E vocês, quais seus favoritos??? Só não venham me falar na Ótima Geração Belga ou na eterna vice Holanda porque eu não nasci ontem!

10 JUN 2014