CAP x Grêmio: NOTAS

renato-gaucho-pode-mudar-formacao-do-gremio-para-pegar-o-bahia-1376028005915_1920x1080

Dida: Foi bem no confronto jurássico contra Paulo Baier e não teve culpa no gol. Nota 6

 

Pará: Conseguiu não fazer gols contra e ainda acertou, pasmem, dois cruzamentos. Nota 6

 

Werley: Só faltou estender um tapete no gol do Delatorre. Nota 1

 

Rhodolfo: Foi razoável. Mais ou menos. Não fedeu, nem cheirou. Nota 3

 

Alex Telles: Parecia um figurante do The Walking Dead. Um zumbi, no caso. Nota 1

 

Souza: Não foi o mesmo volante que vinha sendo. Nota 3

 

Ramiro: O mais lúcido do meio campo. Esse quase nunca joga mal. Nota 6

 

Riveros: Foi bem, mas perdeu um gol imperdível. Nota 5

 

Lucas Coelho: Sabe aquele coelho que perdeu a corrida para a tartaruga? Era ele. Nota 1

 

Mamute: Não à toa foram extintos. Nota 1

 

Elano: Entrou e melhorou o time antes de cansar. Nota 5

 

Paulinho: Corre igual um cavalo. Pensa igual um cavalo. Nota 1

 

Renato: O maior culpado pela derrota do Grêmio. Começar com Mamute e Coelho foi um aborto. Maxi e Zé Roberto só podem ter pego a Carol, nada explica serem opção depois do PAULINHO. Nota 0

 

Atlético: Fez o dever de casa. Nota 7

30 OCT 2013

Jogos da DUPLA: notas

celsoroth_01

 

  • INTER X SÃO PAULO

 

 

 

Muriel: Um saco de batatas no seu lugar faria a mesma coisa e custaria menos. Nota 2

 

Gabriel: Jogou o mesmo que nos últimos jogos: nada. Nota 1

 

Juan: Deu-se mal na farra do boi bandido. Nota 2

 

Jackson: Não foi bem, mas pelo menos não fez gol contra. Já é um avanço. Nota 2

 

Fabrício: Tem a mesma utilidade que uma capa de chuva no deserto do Saara. Nota 1

 

João Afonso: estava bem até cometer um pênalti infantil. Cagada típica de guri. Nota 3

 

Jorge Henrique: Escalam o coitado em qualquer posição. Hoje foi volante, por isso me agradou. E ainda fez um gol. Nota 6

 

Alex: Não estava jogando nada, aí resolveu começar a chutar a gol. Como poderia acertar um chute e fazer gol, Clemer o tirou. Lei Guerrinha. Nota 5

 

D’Alessandro: Até começou bem, mas depois parecia que não queria nada com o jogo. Deve ser saudade do Dunga. Nota 4

 

Otávio: Ciscou bastante, produziu nada. Nota 1

 

Damião: Estava tendo mais uma de suas atuações bisonhas, mas fez um gol que lembrou seus velhos e bons momentos. Nota 6

 

Caio: Entrou e não fez nada. Nota 2

 

Scocco: Entrou e fez menos ainda. Nota 1

 

Rafael Moura: Entrou e atrapalhou o ataque. Nota 0

 

Clemer: Escalou mal e tirou o único jogador afim de empatar a partida. Não é técnico. Nota 0

 

 

São Paulo: Mostrou muitas falhas na defesa, mas teve um boi bandido enlouquecido no ataque. Nota 6

 

 

 

 

 

 

  • COXA X GRÊMIO

 

 

 

Dida: O que foi a gol entrou. Devia estar de ressaca pelos pênaltis de quarta-feira. Nota 2

 

Pará: Estragou o jogo do Grêmio ao fazer um gol contra com 15 segundos de jogo e ainda foi expulso em uma entrada criminosa. Merece a primeira nota negativa da história do blog. Nota -1

 

Werley: Parecia que estava passeando no shopping: Nota 0

 

Bressan: Errou porque é ruinzinho, não por falta de vontade. Nota 1

 

Alex Telles: Não fez nada de bom em nenhum setor do campo. Nota 1

 

Adriano: Foi pior que coice no saco. Nota 1

 

Matheus Biteco: Sempre que joga o Grêmio perde. Ou é extremamente ruim ou extremamente azarado. Nenhum dos dois serve. Nota 0

 

Riveros: Foi o mais esforçado do time. Nota 3

 

Vargas: Estava mais preocupado em não despentear o cabelo para postar no instagram depois. Nota 1

 

Barcos: Teve a mobilidade de quem veste terno e o esquilibrio de quem anda de patins. Nota 0

 

Kleber: O menos pior do Grêmio. Nota 4

 

Elano: Hoje deu muitas alegrias à Nívea Stelmann. Nota 1

 

Moisés: Pelo menos não foi pior que o Pará. Nota 2

 

Saimon: Nem vi que tinha entrado. Nota 1

 

Renato: Deixou claro que o jogo não valia nada ao poupar três titulares. Tomou uma lambada merecida. Nota 1

 

 

Coritiba: O Grêmio foi tão mal que o Coxa parecia o Barcelona. Nota 9

27 OCT 2013

GRE-NAL: NOTAS

musas02

INTER

 

 

Muriel: O braço cresceu durante a semana. Nota 7

 

Gabriel: Foi uma tartaruga na maior parte do tempo e um cágado no segundo gol do Grêmio. Nota 0

 

Jackson: Marcou um golaço. Mas na goleira errada. Nota 1

 

Juan: Foi envolvido quando ficou no mano a mano. Coitado do vovô. Nota 3

 

Kleber: Mascou menos chiclete que o normal. Nota 6

 

João Afonso: Um volantão, outra vez. Nota 8

 

Willians: Volante que faz gol merece nota alta. Nota 9

 

Jorge Henrique: Não está acostumado com ambientes tão claros. Nota 2

 

D’Alessandro: Jogou bem, fez gol e brincou com o binóculo. Nota 9

 

Otavinho: Muito bem no primeiro tempo, só ciscou no segundo. Nota 6

 

Damião: Liguei no seu celular para avisar que a nota dele seria baixa. Ele acabou e atirando no chão e levando a mão ao rosto para simular agressão. Nota 0.

 

Forlan: Entrou muito bem no jogo, nem parecia o Forlan do Inter. Nota 7

 

Caio: Entrou para poder dar entrevistas. Nota 5

 

Rafael Moura: Entrou e fez a mesma coisa que o Damião: nada. Mas pelo menos custa a metade que ele. Nota 4

 

Clemer: Conseguiu armar bem o Inter e fez o Grêmio sentir saudades do Dunga. Nota 6

 

 

 

 

 

 

 

GRÊMIO:

 

 

Dida: Lembrou muito o Victor em grenais. Nota 1

 

Pará: Perdeu todas pro Otavinho, não fez nada no ataque. Nota 2

 

Werley: Estava bem até se machucar. Nota 6

 

Bressan: Fez um pênalti burro no D’Alessandro. Nota 4

 

Alex Telles: Marcou muito bem e apoiou quando deu. Nota 6

 

Souza: Foi uma desgraça completa. Entregou o primeiro gol e perdeu um aos 47 do 2º tempo que deveria dar demissão por justa causa. Nota 1

 

Ramiro: Às vezes vale mais um pequeno brincalhão que um grande bobalhão, Ramiro é a prova disso. Marcou muito bem e teve participação decisiva no segundo gol do Grêmio. Nota 9

 

Riveros: Começou perdido e foi melhorando no decorrer da partida. Nota 7

 

Vargas: Jogou demais, marcou um golaço e imitou o Saci. Nota 9

 

Kleber: Lutou muito, participou do gol e conseguiu não ser expulso. Nota 8

 

Barcos: Ajudou muito na defesa, atrapalhou muito no ataque. Como gosto mais de quem defende… Nota 6

 

Mamute: Proporcionou um encontro histórico: Mamute x os dinossauros da defesa do Inter. Nota 5

 

Wendell: Entrou só pra mostrar que sabe assinar a súmula. Nota 1 porque fardou

 

Renato: Jogou com três volantes e com três zagueiros. Amo e odeio. Pra ficar no meio termo… Nota 5

 

 

 

 

 

Arbitragem: Perfeita. Deu gosto de ver. Nota 10

 

 

 

 

 

20 OCT 2013

Jogos da DUPLA: Notas

barco pirata colorear 7

 

 

 

SANTOS x INTER

 

 

Muriel: Estava irreconhecível, fez uma boa partida. Nota 7

 

Gabriel: Bem no primeiro tempo, uma tartaruga no 2º. Nota 2

 

Juan: Voltou a jogar bem depois de alguns anos. Nota 6

 

Jackson: Mesmo sem perna é melhor que o Ronaldo Alves. Nota 6

 

Kléber: Morto é melhor que o Fabrício. Nota 6

 

João Afonso: O volantinho estreou com personalidade e fez um partidaço. Nota 8.

 

Willians: Tentou entregar mas não conseguiu. Nota 6

 

Alex: Estreia quando pelo Inter? Nota 1

 

D’Alessandro: Hoje estava com saudades do Dunga. Nota 5

 

Jorge Henrique: Nem quando o estádio ficou com luz de boate, seu habitat natural, conseguiu fazer alguma coisa. Nota 2

 

Damião: Sofreu nocaute técnico da bola na metade do primeiro tempo e veio a falecer. Nota 0.

 

Scocco: Entrou bem, mas jogar ao lado do Damião na atual fase é complicado. Nota 5

 

Nathan: Não tem nome de jogador que vai vingar. Nota 2

 

Santos: Nem luz no estádio consegue fornecer. Nota 2

 

 

 

 

 

GRÊMIO x CORINTHIANS

 

 

Dida: Dormiu a maior parte do tempo, mas salvou no final quando foi preciso e ainda tentou fazer um gol. Nota 6

 

Pará: Não para um minuto, parece um relógio, mas, tal qual o mesmo relógio, acaba sempre voltando pro mesmo lugar. Nota 4

 

Rhodolfo: Mais seguro que o cofre do Tio Patinhas. Partidaço. Nota 8

 

Bressan: Não comprometeu e, no caso dele, já é muito. Nota 5

 

Werley: Auxiliou bem a defesa. Nota 6

 

Alex Telles: Foi cauteloso no apoio, merece uma menção defensiva. Nota 6

 

Souza: O melhor dos volantes, marcou como se estivesse tirando a mãe da forca. Nota 8

 

Adriano: Deu uns bonitos pontapés. Nota 6

 

Ramiro: Meio perdido no começo, melhorou no segundo tempo. Nota 6

 

Lucas Coelho: Não é mau jogador, mas a camisa do Grêmio pesa duas toneladas nas suas costas. Nota 5

 

Barcos: Jogou fora a perna de pau e fez um golaço depois de dois séculos. Nota 8

 

Maxi Rodriguez: Entrou e mudou o jogo. Nota 7

 

Paulinho: Corre igual um cavalo. Pensa igual um cavalo. Nota 1

 

Saimon: Entrou e não desmanchou o penteado. Nota 2

 

 

Corinthians: É tão perigoso quando um velhinho sem Viagra. Nota 3

17 OCT 2013

O dia em que disse NÃO

roth

 

Foi por pouco. Foi por muito pouco. Mas não deu. Mais uma vez, não deu.

 

Não preciso comunicar nada que não tenha sido externado pela imprensa gaúcha. O telefone vermelho tocou, todos sabem. Reunimo-nos, negociamos, acertamos bases salariais…

Aí vocês, queridos e cautelosos leitores, devem se perguntar: “e por que não assinou?”. Responderei.

 

Emperramos no tempo de contrato. Eu, um treinador campeão da América, não faço contrato tampão. Não sou, nem jamais serei, treinador temporário. Se o Luigi quer um tampão que vá na farmácia comprar um O.B. (risos)…

 

Fui obrigado, pelas circunstâncias, a rejeitar o Internacional. Com dor no coração tive que dizer não, mas recusei-me a fazer parte de mais uma trapalhada do presidente Luigi. Ficará Clemer até o fim do ano. Infelizmente terei que deixar o Inter sem técnico (Clemer não é).

 

Lamento ter de fazer isso com a amada torcida colorada. Sei o quanto queriam meu retorno. Sei que era o preferido nas pesquisas, inclusive ganhei uma com mais de 70% das intenções dos votantes e sinto-me lisonjeado por isso.

 

Mas, torcedor colorado, não desanime. Um dia em volto. Talvez mais em breve do que vocês imaginam.

 

14 OCT 2013

Inter x Time do Luxa: NOTAS

Sem título

 

 

Muriel: Teve inúmeras oportunidades para falhar e não falhou. Esteve irreconhecível. Nota 6

 

Gabriel: Mais uma vez não fez nada, mas hoje, pelo menos, não comprometeu muito. Nota 4

 

Índio: Foi mais seguro que nos últimos jogos. Nota 6

 

Jackson: Uma grata surpresa, incrível como o Dunga nunca o escalava. Nota 7

 

Fabrício: O Inter ganhou apesar dele. Nota 2

 

Ygor: Muito bem volanteando à frente da zaga. Nota 7

 

Willians: Foi um jogo com poucas cagadas suas, o que já é uma vitória. Nota 5

 

Jorge Henrique: Correu muito, pelo visto não estava de ressaca. Nota 6

 

D’Alessandro: Distribuiu bem o jogo, mas errou muito. A melhor coisa sua no jogo foi cornetear o Damião na volta do intervalo. Nota 6

 

Otavinho: Ciscou muito e perdeu um gol que profissional não pode perder. Nota 2

 

Damião: Voltou a jogar como o jogador ruim que é, sem firulas, sem achar que é craque. E quando o Damião joga assim é um centroavante dos bons. Nota 8

 

Caio: Não fez nada de produtivo, mas correu bastante. Nota 5

 

Valdívia: Tremeu na estreia, mas é normal. Nota 4

 

Forlán: Entrou e saiu de campo sem despentear os cabelos. Nota 2

 

 

Fluminense: É o típico time do pofexô Luxa, incapaz de fazer mal a uma mosca, no caso, o Muriel. Nota 3.

 

 

Quem é atento, viu: na comemoração do gol Leandro Damião fez o sinal do “bigode”, numa clara e inequívoca pista de quem deverá ser o novo treinador colorado, ou seja, eu. Quem viver verá!

 

06 OCT 2013

Botafogo x Grêmio: NOTAS

amat-victoria-curam

Dida: Foi uma muralha. Mais precisamente a Muralha da China. Pela idade e pela solidez. Nota 8

Pará: É aquele jogador que é esforçado proporcionalmente à sua ruindade. E o Pará é MUITO esforçado. Nota 5

Bressan: Não fez nenhuma cagada, o que já é uma grande vitória pessoal. Nota 5

Werley: Voltou bem ao time. Nota 6

Rhodolfo: Mais seguro que trapiche de pescador em rio. Nota 7

Alex Telles: Voltou a jogar o futebol do começo do campeonato e meteu-lhe uma bucha na gaveta. Nota 8

Souza: Foi um pitbull com raiva à frente da zaga, um legítimo volantão. Nota 8

Riveros: Além da sempre boa marcação fez uma baita jogada no gol do Alex Telles. Nota 7

Ramiro: Ajudou muito na marcação no começo de jogo, depois teve que ocupar o lugar do Kleber e correu mais que bandido da polícia. Deu pena do guri. Nota 7 pelo esforço.

Kleber: Expulsão mais burra que investir dinheiro nas empresas do Eike Batista. Nota 0

Barcos: Foi o volante mais adiantado do Grêmio. Não fez nada no ataque, mas marcou como um legítimo camisa 5. Nota 7

Adriano: Entrou e deu bico pra tudo quanto é lado. Gostei. Nota 6

Lucas Coelho: Conseguiu incomodar a defesa do Botafogo para dar um descanso pros jogadores do Grêmio. Nota 5

Wendell: Se tocou na bola eu não vi. Nota 1 porque fardou.

Renato: Foi um exemplo de cautela durante toda a partida. Estou começando a dar o braço a torcer. Nota 8

Botafogo: O Botafogo nunca nos decepciona. Sempre botafogueia. Nota 3.

05 OCT 2013