Bolão do Volantão: GP da China

 

 

Cautelosos e cautelosas,

 

Estamos aqui novamente para ver quem mais entende de volante.

 

E agora é o GP das CHINA.

 

O vencedor do bolão ganha inteiramente de grátis e sem custos uma camisa do Bairrista.

 

Eis as regras:

– Ganha quem acertar tudo, havendo empate, ganha aquele que publicou seu palpite primeiro.

– Em caso de não haver acertador, ninguém ganha (não é barata a camisa do Bairrista – risos).

– Vocês podem postar até 1 (um) minuto antes do início do treino de classificação, ou seja, até às 2:59 de sábado (madrugada de sexta para).

 

 

TODOS OS PALPITES DEVERÃO SER FEITOS AQUI —->>>>    http://www.surveymonkey.com/s/PK9ZWYD (copiem e colem no navegador)

 

Boa sorte a todos.

 

Que vença o mais cauteloso!

12 APR 2013

A Hora de Secar

 

 

 

Todo treinador desempregado é um grande secador. Não sejamos hipócritas, é assim que funciona. Eu, como o mais cauteloso representante dessa classe, não fujo à regra. Eu seco. Seco muito. Estou sempre no canto escuro da sala esperando por uma oportunidade. Um treinador desempregado se alimenta do sofrimento alheio. Se todos estiverem felizes, nós, treinadores desempregados, continuaremos sem emprego e, por consequência, infelizes. É uma equação simples.

 

Pois bem, cá estou, cinco longos meses desempregados. Cinco longos meses sem escalar um volantinho sequer… CANSEI! Cansei de manter as aparências. Agora eu vou mesmo é secar. Chega de manter a política da boa vizinhança…

 

Até a metade de março a coisa não estava muito boa pro meu lado. Luxemburgo era líder na Libertadores e o lado vermelho da República estava apaixonado pelas ideias de futebol do Dunga… A coisa mudou! A Libertadores complicou e o Inter começou a não jogar mais nada. Era hora de agir, de sair da toca. Era hora de hastear a bandeira da secação.

 

Que bom que existem  Huachipato, Caracas e Veranópolis para desmitificar os pífios treineiros que são Luxemburgo e Dunga. Que bom que mais uma vez a República lembra do treinador cauteloso que já reinou por estes pampas. Um bom rei jamais é esquecido por aqueles que já foram seus súditos.

 

A hora é agora. A hora de torcer ferrenhamente contra Inter e Grêmio chegou. Não descansarei até ver instaurada uma crise simultânea na dupla grenal. Eu quero ver sangue (risos)… Quero ver o meu povo clamar pela volta do seu único e legítimo rei! Quero ver o Rio Grande em peso implorar pela volta da cautela. Chega de ficar em casa, a Guerra dos Tronos está só começando.

 

Hasta la victoria (ou um cauteloso empate em 0x0), siempre!

 

Volta, Juarez! Volta, Juarez! Volta, Juarez!

 

 

 

 

09 APR 2013