A arte da (Guerra) CAUTELA, por (Sun) JUAREZ-Tzu.

O mundo se surpreendia neste sábado, 16 de junho de 2012. Eu, o maior adorador da cautela, entrava em campo com três atacantes e um meia faceirinho.

Comentaristas boquiabertos, torcida atônita… nem meus próprios jogadores acreditaram na escalação que mandei a campo… Estaria eu abandonando minha arte da volância, deixando lado a cautela que tanto prego e tornando-me mais um de muitos treinadores faceirinhos que vemos por aí?

Não. A cautela, meus senhores, é uma arte. Como também é a ilusão. Esperto é aquele que faz com que seus inimigos vejam exatamente aquilo que quer mostrar. E, como todos sabemos, qualquer Gaúcho é mais esperto que um time de catarinas. Foi através da ilusão que minha cautela prevaleceu.

O adversário Figueirense vinha de uma bela campanha invicta: três empates e uma vitória. Durante toda a semana estudei o time de Santa Catarina e tramei a tática mortal.

A faceirice inicial (sim, reconheço, comecei o jogo da forma mais faceira que já havia começado em minha vida) tinha um propósito: enchi o time de atacantes não para marcar gols, mas para cansar o adversário. Para que os catarinas corressem atrás e perdessem o vigor.

A missão do primeiro tempo foi cumprida: 0×0 e o time adversário em desvantagem física. O Figueirense não percebeu e mordeu a ratoeira.

Com o oponente cansado, tirei atacantes e comecei a colocar meus volantes. Sim, VOLANTES. Guardei meus preciosos cabeças de área para o momento decisivo. Infalíveis como de costume, meus volantes dominaram o meio de campo e partimos para o golpe fatal, o golpe do cone. Do Cone Mortal.

Wellington Conista, meu centroavante que atua como volante, decidiu mais uma vez. 1×0.

Vitória da arte. Vitória da Arte da Cautela.

Seguimos fortes. Seguimos invictos. Seguimos cautelosos!

Já estamos em segundo. De possível rebaixado a possível campeão.

Essa, senhoras e senhores, é a sagrada arte da cautela que tenho a vos oferecer.

Retranqueiros do mundo, unam-se a mim! A cada rodada provo que a solução de tudo está na defesa.

Atacantes ganham jogos. Volantes ganham campeonatos!

Já estamos em segundo e, como o Vasco é o atual líder, moralmente somos o 1º colocado.

Um abraço e até a próxima.

(P.S. para os Gaúchos: Quer ganhar do Botafogo? Pergunte-me como!)

16 JUN 2012

COMENTÁRIOS