Quinta, 19 de julho de 2012 | 15h17

Proibição de venda de chips abre espaço para o retorno dos orelhões CRT

Desejo antigo dos Gaúchos, telefones públicos estão de volta ao RS.

TAMANHO DO TEXTO:

crt

Orelhões já estão sendo instalados

PORTO ALEGRE, C.F – A suspensão da venda de novas linhas de telefonia celular não visa somente melhorar o serviço prestado pelas operadoras. Antigo desejo do povo Gaúcho, o retorno dos orelhões de ficha da CRT está mais próximo agora que celulares estão se tornando obsoletos. Além de tornar mais barato uma ligação telefônica os orelhões permitem que os Gaúchos possam abdicar do uso do celular.

- Eu não gosto de celular. Toda hora minha mulher tá me ligando. Se eu vou na tia então é um inferno – diz o empresário, Eduardo Moreira.

Para o aposentado, Sílvio Silveira, usar celular é uma dificuldade imensa.

- Aqueles botões pequenos, aquela tela pequena, eles não levam em conta que eu tenho catarata. Sem contar que no ônibus é aquela barulheira sem fim, gente falando alto e esses toques musicais de sertanejo universitário – revela o aposentado.

A expectativa da CRT é que os orelhões sejam instalados até o final de julho. De acordo com a ANATEL, o retorno da CRT é um ganho de qualidade na telefonia Gaúcha.

- Já está tudo acertado. As fichas já estão sendo confeccionadas e terão o preço de 0,25 centavos de pila – revela o Diretor da ANATEL no RS, José Carlos Teixeira.