Terça, 24 de julho de 2012 | 16h27

Gaúcho confessa que tocou fogo na decoração do Natal Luz de Gramado

“Queria acabar com aquela cafonice”, afirma o meliante.

TAMANHO DO TEXTO:

incendio

Incêndio criminoso põe em risco Natal Luz

GRAMADO, RS – O incêndio que destruiu boa parte da decoração do Natal Luz de Gramado não foi  por acaso. O autor do atentado que coloca em risco toda a decoração de Natal da cidade Gaúcha se apresentou na manhã desta terça-feira na 32ª DP de Gramado onde confessou ter tacado fogo no pavilhão que armazenava todo o material. O jovem, E.C.S, 26 anos, revelou os motivos que o levaram a cometer tamanha atrocidade.

- Todo natal é aquele festival cafona de neve falsa e Papai Noel, coisas que não são do Gaúcho. Quis ajudar os caras a pararem com aquela breguice toda – revelou o criminoso.

De acordo com a comissão responsável por organizar o Natal Luz, 80% de toda a decoração foi comprometida e a chance de não ocorrer a tradicional comemoração natalina é grande. O Delegado Sandro Romero Fagundes, revela que o criminoso em nenhum momento demonstrou algum traço de arrependimento durante o interrogatório e revelou que outro atentado estava pronto para ser executado.

- Ele confessou que ia tocar fogo em todos os termômetros adulterados da cidade pra provar que nem faz tanto frio na serra – disse o Delegado.

O meliante está preso e pode pegar até 30 anos de cadeira por atentado ao patrimônio Gaúcho. A igreja também estuda um meio de garantir uma punição eterna por atentar contra o RS. A polícia estuda se o jovem tem ligações com a rede criminosa Al Qaeda, também responsável pelos atentados às Torres Gêmeas em Nova York.