Quinta, 21 de junho de 2012 | 14h37

Gaúchos lançam movimento “Eu amo esta terra” e não lavam mais seus carros

Campanha separatista foca no simbolismo da terra sagrada do RS.

TAMANHO DO TEXTO:

Carro

Carro do líder do movimento não vê água desde 2003

BAGÉ, RS – Um grupo de militantes separatistas lançou na manhã desta quinta-feira a primeira de uma série de ações que visam conscientizar o povo Gaúcho da importância de separar o RS do Brazil de uma vez por todas. A primeira delas quer convencer os Gaúchos a não lavar seus automóveis. De acordo com o Presidente do grupo de separatistas, Bento Moreira, o simbolismo do ato diz muito da personalidade do Gaúcho.

- Deixar o carro sujo com a terra sagrada do Rio Grande é mostrar que o vivente realmente ama este chão. Meu carro tá sujo desde abril de 2003 – diz Moreira.

A manifestação pretende atingir mais de 500 mil pessoas e tem participação do grupo Greenpeace. Para os ativistas ecológicos, poupar água também é um ato de bairrismo.

- Enquanto os Gaúchos dão bom exemplo para a humanidade, no Brazil continuam desmatando a Floresta Amazônica. Por essas e outras que o Rio Grande do Sul é melhor em tudo – diz o Presidente mundial do Greenpeace, David Monroe.