O Bairrista  / Geral

15°
Me segue, chê!
Terça, 29 de Maio de 2012

Sobrinhas da Tia Carmem protestam contra Marcha das Vadias

“Estão subvalorizando nosso produto”, afirma líder do movimento.

PORTO ALEGRE, C.F – Um grupo de 20 moças que trabalham na noite de Porto Alegre realizou um protesto na noite desta última segunda-feira, revoltadas com a marcha das vadias, ocorrida no domingo. De acordo com a porta-voz do grupo, Suzanne Summer, as sobrinhas estão indignadas com a desvalorização do produto delas que a marcha das vadias proporciona.

- Na obra O Capital de Karl Marx não tem nenhum trecho que diz pra gente dar de graça o que podemos cobrar! – afirma Summer.

Para Michele Sato, morena, 1,79, seios fartos, muito carinhosa e discreta, a noite porto-alegrense tem sido um desafio imenso para as garotas de programa.

- As meninas estão trocando o que vendemos por uma noite numa festa com espumante e entrada VIP. Quando apresentamos nosso preço os caras acabam dando risada. Estão subvalorizando nosso produto – afirma Sato.

Aos gritos de “o que é nosso ninguém vai dar de graça” as sobrinhas seguiram seu caminho até a Rua Olavo Bilac, local onde a manifestação teve fim de forma pacífica com muitos baldinhos, funk e sertanejo universitário.

Copiar

http://churr.as/KZGePE

Voltar para a página anterior